Campanha contra o Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Campanha contra o Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Nesta quarta-feira, 18 de maio, é Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O objetivo da data é conscientizar a sociedade para que possa auxiliar nas denúncias e também, orientar as crianças e adolescentes sobre o tema.

Por conta disso, nesta quarta-feira, a partir das 9 horas, na Praça Jardim dos Imigrantes, será realizada uma campanha de orientação, onde todos os serviços da Secretaria de Assistência Social estarão presentes para entregar folders e adesivos e também, conversar com os cidadãos sobre o tema.

Já no período da tarde, no auditório do Centro Administrativo Leopoldo Zschoerper, a partir das 15 horas, será realizada uma contação de histórias com a presença de 50 alunos da rede municipal.

Também, desde o início do mês, cartazes confeccionados por crianças dos CRAS e Serviços de Medidas Socioeducativas estão em exposição no hall da Prefeitura. Além disso, oficinas estão ocorrendo nos CRAS e, de 19 a 27 de maio, estará acontecendo em 20 escolas da rede municipal contação de histórias para crianças e adolescentes.

Já na Escola Estadual Frederico Fendrich terá a aplicação de um questionário para englobar informações com as crianças e adolescentes sobre o dia a dia, visando identificar possíveis casos sobre o tema.

Estas são ações por conta da preocupação com o elevado número de casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes identificados em São Bento do Sul, atendidos no CREAS, Conselho Tutelar e Alta Complexidade. Somente em 2020 foram 21 casos, em 2021 foram 31 e 2022 até o momento, foram 15. Entre o perfil dos abusadores, 31 % são tios, pais são 27%, padrasto 20%, avô 17%, padrinho 2% e cunhado 2%.

Denúncias – Se você sabe de alguma criança ou adolescente que é abusada e não denuncia, você é cúmplice desse crime. Denunciar é fundamental para que a vítima possa receber tratamento adequado e possa ser afastada de seu abusador.

As denúncias podem ser realizadas através do disque 100, Conselho Tutelar através dos telefones 3626-6207 ou 99111-5506 (plantão), DPCAMI – Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso, através do telefone 3647-0146. E também em caso de emergência pelo 190, com a Polícia Militar.

A Campanha é uma ação da Secretaria de Assistência Social, através do CRAS, CREAS e Alta Complexidade, com parceria da Secretaria de Educação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo Protegido!